Textos

Perfídia

Ana Mello
27/08/2015


As pessoas me contam, não consigo evitar. Desta vez são casos de traição. Casos de amantes que trabalham no mesmo local. E outros e mais outros.

O assunto rendeu por vários dias, conversa vai e vem, alguém lembrava de mais algum detalhe. Uma sogra que bateu no genro traidor em pleno local de trabalho. Uma mulher que invadiu o escritório do marido e gritou impropérios para todos ouvirem.

Então um amigo machista disse que os problemas acontecem porque os traidores não seguem uma conduta adequada para quem tem amante. Olha só que lindo, o código de proteção do sem vergonha. Ele parte do princípio que é normal ter amante, os homens no caso. E ele nunca, é claro. Embora ele tenha afirmado que um destes princípios do amante de sucesso é negar até a morte.

Entre os demais preceitos ele diz que o traidor não deve dar informações muito particulares para a concubina. Endereço de casa, telefone particular, nomes dos familiares, detalhes da vida particular, nada. Isso se ela não for sua colega de trabalho. O que ele não acha muito interessante, pois expõe demais o salafrário.

Não deve levá-la em viagens, nem tirar fotografias. Deve encontrá-la em horário de expediente, para não causar suspeita na titular. Para ele, esposa é titular.Diz ainda que não tem problema nenhum, a esposa é sempre a preferida. Em primeiro lugar a família! A experiência só valoriza mais a relação, no caso masculino, acrescenta.

Perguntei qual seria a vantagem da amante já que ela não pode aparecer em público com o ser amado, nem compartilhar momentos de lazer com o sujeito. Ele respondeu que é o amado em si. O maravilhoso ser que dispõe de alguns momentos para entregar-se a amante.Só pode estar de brincadeira!

Outro colega, com mais idade, apressou-se a acrescentar que no tempo em que as mulheres não eram tão independentes,era isso mesmo que acontecia. Agora, elas estão muito inteligentes, e vingativas.


Cadastre-se no portal Escrita Criativa para receber dicas de escrita, artigos e informações de concursos

 

 

Comentários:

Envie seu comentário

Nome :
E-mail :
Cidade/UF:
Mensagem:
Verificação:
Repita os caracteres "505911" no campo.